»


eça de queirós José Maria de Eça de Queiroz [1][2][3] (Póvoa de Varzim, 25 de novembro de 1845 — Paris, 16 de agosto de 1900) foi um dos mais importantes escritores portugueses da história. Foi autor de romances de reconhecida importância, de Os Maias e O Crime do Padre Amaro; o primeiro é considerado por muitos o melhor romance realista português do século XIX.


favoritar
O Tesouro
O Tesouro
Eça de Queirós
favoritar
O Senhor Diabo
O Senhor Diabo
Eça de Queirós
favoritar
O Primo Basilio
O Primo Basilio
Eça de Queirós
favoritar
O Mandarim
O Mandarim
Eça de Queirós
favoritar
Os Maias
Os Maias
Eça de Queirós
favoritar
Memorias de uma Forca
Memorias de uma Forca
Eça de Queirós
favoritar
A Cidade e as Serras
A Cidade e as Serras
Eça de Queirós
favoritar
A Aia
A Aia
Eça de Queirós
favoritar
O Crime do Padre Amaro
O Crime do Padre Amaro
Eça de Queirós
favoritar
Os Maias
Os Maias
Eça de Queirós
favoritar
A Relíquia
A Relíquia
Eça de Queirós
favoritar
A correspondência de Fradique Mendes
A correspondência de Fradique Mendes
Eça de Queirós
favoritar
O Mandarim
O Mandarim
Eça de Queirós
favoritar
A Cidade e as Serras
A Cidade e as Serras
Eça de Queirós
favoritar
O crime do padre Amaro
O crime do padre Amaro
Eça de Queirós
favoritar
A Illustre Casa de Ramires
A Illustre Casa de Ramires
Eça de Queirós
favoritar
Contos
Contos
Eça de Queirós
favoritar
Cartas de Inglaterra
Cartas de Inglaterra
Eça de Queirós
favoritar
Os Maias
Os Maias
Eça de Queirós
favoritar
O Primo Bazilio
O Primo Bazilio
Eça de Queirós
favoritar
A Illustre Casa de Ramires
A Illustre Casa de Ramires
Eça de Queirós
favoritar
As Farpas (Junho 1883)
As Farpas (Junho 1883)
Eça de Queirós
favoritar
As Farpas (Fevereiro a Maio 1878)
As Farpas (Fevereiro a Maio 1878)
Eça de Queirós
favoritar
As Farpas (Janeiro 1878)
As Farpas (Janeiro 1878)
Eça de Queirós